Sexta-feira, 03 de Abril de 2020
Brasil

Casal de vídeo zombando covid-19 diz que era brincadeira de grupo de amigos

Publicada em 23/03/20 às 01:56h - 248 visualizações

por Uol


Compartilhe
   

Link da Notícia:



O casal que viajou à Europa e na volta fez um vídeo andando de bicicleta e falando "já que estamos com coronavírus, vamos levar ele para o mundo de mountain bike" afirma que tratava-se de uma brincadeira direcionada a um grupo de amigos que foi parar nas redes sociais fora de contexto.


 O empresário Rodrigo Mariotoni, de 50 anos, declarou que parentes, funcionários e amigos falavam que não iam chegar perto deles porque acabaram de chegar do exterior, e a gravação foi enviada ao grupo como uma resposta bem-humorada que vazou."A gente realmente fez uma viagem, fomos para Portugal e Londres. 


Chegando [no Brasil], fizemos uma triagem e estava tudo perfeito, o hospital mandou a gente para casa porque não havia sintoma nenhum. 


A gente está isolado e, no vídeo, estávamos na nossa propriedade. Temos um propriedade bem grande, 16 alqueires [387 mil metros quadrados]", declarou o empresário, que ressaltou que ele e a mulher estão bem de saúde. Rodrigo e a mulher, a também empresária Raquel Cristina Cestari, saíram do Brasil em 7 de março numa viagem para comemorar o aniversário dela, que foi dia 17 de março. 


Eles entraram na Europa por Lisboa, passaram por Porto, Fátima e Londres. O roteiro incluía estar em Paris no aniversário dela, mas a situação da covid-19 complicou no continente e retornaram ao Brasil em 16 de março. 


A versão do caso relatada por Raquel, autora do vídeo, diverge da que foi relatada pelo marido. Segundo a empresária, a gravação foi feita enquanto eles iam da casa que possuem em Itapira para o sítio da família. Rodrigo trabalha no ramo de mountain bike e o casal foi pedalando. Durante o trajeto, feito em 18 de março, a mulher pegou o celular e fez a gravação em que falou: "A gente estava viajando na Europa, isso pode ter causado algum mal para as pessoas. Mas nós fomos confinados pela população porque nossa saúde está muito debilitada. E aproveitando que por 40 dias não pode fazer nada, vamos pedalar", declarou Raquel. 


A gravação foi enviada a um grupo de amigos e vazou nas redes sociais. Internautas ficaram chocados com o conteúdo e criticaram bastante. O Ministério Público tomou conhecimento das imagens e acionou a Justiça, que obrigou o casal a se submeter a exames.


 Mas Rodrigo disse que já havia passado por triagem na chegada ao Brasil e que a avaliação constatou que não havia nenhum sintoma de covid-19. "A primeira coisa que a gente fez ao chegar em Guarulhos foi usar o convênio para ir ao hospital por segurança de familiares. Eu tenho um pai idoso, tenho filhas. Fomos também no posto de saúde para triagem e não foi constatada febre, tosse, nem resfriado. Não quiseram fazer exame em nós para guardar para quem for precisar no futuro" defende-se Rodrigo. 


Raquel se arrepende da gravação, mas insiste que não era em tom de deboche com a situação do coronavírus. Rodrigo ressalta que muitas pessoas mandam memes e fazem brincadeiras e que este era o espírito, nunca ironizar a pandemia. 


Mas diante da repercussão, ele afirmou que os dois vão cumprir a determinação da Justiça e ficar isolados até 31 de março. Se não fizerem, pagarão multa diária de R$ 10 mil. A ideia era passar o período de quarentena no sítio, mas depois que o caso ganhou repercussão, os planos mudaram. 


Eles receberam a notificação da Justiça, se submeteram a uma avaliação de saúde e decidiram voltar para Itapira. Rodrigo explicou que houve muitas ameaças e o casal teme por sua segurança e de suas filhas.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (42)9 9909-3574

Visitas: 419620
Usuários Online: 282
Copyright (c) 2020 - Rede Nossa de Comunicação